Vol.  36,  n.o 2  (143),  Abr-Jun  2016
 
Categoria ?
Reflexões sobre o Novo Desenvolvimentismo e o Desenvolvimentismo Clássico
Luiz Carlos Bresser-Pereira

 Este artigo, inicialmente, distingue, primeiramente, o Novo Desenvolvimentismo, um novo sistema teórico que está em criação, do desenvolvimentismo realmente existente, que foi responsável pelo desenvolvimento original de muitos países, mas muitas vezes é apenas uma forma de populismo fiscal ou keynesianismo vulgar. Segundo, o distingue o Desenvolvimentismo Clássico, que o precedeu. Terceiro, brevemente analisa o chamado “social-desenvolvimentismo” e nada vê ali que se aproxime de uma teoria. Finalmente, o artigo fornece um resumo do Novo Desenvolvimentismo – seus principais argumentos no campo da economia política, da teoria econômica e da política econômica.

 Reflecting on new developmentalism and classical developmentalism. This paper, first, distinguishes new developmentalism, a new theoretical system that is being created, from really existing developmentalism – a form of organizing capitalism. Second, it distinguishes new developmentalism from its antecedents, Development Economics or classical developmentalism and Keynesian Macroeconomics. Third, it discusses the false opposition that some economists have adopted between new developmentalism and social-developmentalism, which the author understands as a form of really existing developmentalism; as theory, it is just a version of classical developmentalism with a bias toward immediate consumption. Finally, it makes a summary of new developmentalism – of its main political economy, economic theory and economic policy claims.

   
The Swedish model: an alternative to macroeconomic policy
Alexandre Guedes Viana e Patrícia Helena F. Cunha

 O modelo sueco: uma alternativa para a política macroeconômica. O artigo apresenta as principais características do modelo econômico sueco, o qual começou a ser gestado na década de 1930 e se consolidou a partir de meados da década de 1950. O Modelo Sueco caracteriza-se por uma política macroeconômica que proporciona estabilidade de preços e espaço fiscal para políticas industriais seletivas e políticas sociais ativas, esta última reconhecida como um amplo e universal Estado do Bem-Estar Social. Esta combinação, que contradiz o receituário econômico convencional, se mostrou exitosa, dado que o país era subdesenvolvido e agrário até o início do século XX e alcançou elevado grau de desenvolvimento socioeconômico desde a década de 1970. Em seguida, expomos a experiência Sueca como uma alternativa à condução da política macroeconômica dada a sua singularidade.

 This paper describes the main details of the Swedish economic model, which began to be structured on the 1930’s and achieved its consolidation on the 1950’s. The Swedish Model is characterized by a macroeconomic policy which provides price stability, fiscal results for ive industrial policies and social active policies, the latter being recognized as a wide universal welfare state. This combination, which contradicts the traditional economic prescriptions, has been successful given the country was agrarian and underdeveloped until the beginning of 20th century and achieved a high social-economic development level on the 1970’s. Afterwards, we present the Swedish experiment as an alternative to macroeconomic management, especially due to its uniqueness.

   
A inércia estrutural da base produtiva brasileira: o IDE e a transferência internacional de tecnologia
Tulio Chiarini

 O que pode explicar o fato de ter havido uma entrada maciça de IDE no Brasil e ter-se mantido uma inercial estrutural na base produtiva nacional? Existe uma serie de fatos macroeconômicos que podem ajudar a explicar essa inércia, como a baixa taxa de investimento e a falta de ordenação dos preços-chave da economia (como taxas de juros e taxa de câmbio), mas a proposição aqui feita é que existe um problema microeconômico estrutural relevante: falta de aptidão tecnológica das empresas industriais brasileiras. Para analisar tal proposição parte-se da separação entre os tipos de IDE (greenfield, fusão e aquisição e ‘em carteira’) e os tipos de canais de transferência de tecnologia (horizontal e vertical). A partir de elementos empíricos e históricos constrói-se o argumento de que a falta de aptidão tecnológica é elemento chave no entendimento da perda de dinamismo da indústria nacional.

 The structural inertia in the national productive base. What can explain the fact that there was a massive entry of FDI in Brazil and it remains with a structural inertia in the national productive base? There is a series of macroeconomic facts that can help explain this inertia, such as low investment rate and the mismatching of key prices in the economy (such as interest rates and exchange rates), but the proposal made here is that there is a relevant microeconomic structural problem: lack of technological capability of Brazilian industrial firms. To analyze this proposition we separate the types of FDI (greenfield, merger and acquisition and portfolio) and the types of technology transfer channels (horizontal and vertical). From empirical and historical elements we build up the argument that the lack of technological capability is a key element in understanding the dynamism loss of the domestic industry.

   
Latin American countries and the establishment of the multilateral trading system: the Havana Conference (1947-1948)
Norma Breda dos Santos

 Países latino-americanos e o acordo internacional de comércio: a Conferência de Havana. Este artigo se propõe a estudar a participação dos países latino-americanos na Conferência de Havana, que negociou e aprovou a Cartada Organização Internacional do Comércio (OIC), incluindo o Acordo Geral sobre Tarifa se Comércio (GATT), em 1947-1948. O trabalho mostra que o entendimento predominante entre as delegações latino-americanas era o de que as negociações de Havana seriam o resultado das assimetrias de poder material e político existentes entre os seus países e os países industrializados. Os latino-americanos acreditavam que as suas economias frágeis deviam enfrentar as fortes economias dos países industrializados através de planejamento econômico e da substituição de importações, já em vigor em vários países latino-americanos desde as décadas de 1930 e 1940. O trabalho mostra ainda que a construção do regime de comércio internacional pós-II Guerra Mundial foi de fato caracterizado por fortes desigualdades materiais e políticas, que prejudicaram a capacidade de negociação dos países latino-americanos.

 This article proposes to study the participation of Latin American delegations during the Havana Conference, which negotiated and approved the Charter of International Trade Organization (ITO), including the General Agreement on Tariffs and Trade (GATT), in 1947-1948. It shows that the prevalent understanding of Latin American countries was that the Havana negotiations would be the outcome of their existing political and material power asymmetries in relation to the industrialized countries. They believed that their fragile economies should face the strong economies of the industrialized countries by economic planning and import substitution, already in place in several Latin American countries since the 1930s and the 1940. The article also shows that the construction of the post-World War II international trade regime was in fact characterized by strong material and political inequalities, which undermined Latin American countries abilities to negotiate.

   
Why transaction costs are so relevant in political governance? A new institutional survey
Gonzalo Caballero e David Soto-Oñate

 Por que os custos de transação são tão relevantes na governança política? A Nova Economia Institucional, liderada por quarto ganhadores do Prêmio Nobel (Ronald Coase, Douglass North, Oliver Williamson e Elinor Ostrom), mostrou que as instituições e organizações são um meio para reduzir os custos de transação e obtenção de uma maior eficiência no desempenho econômico. Esse artigo examina o programa da Nova Economia Institucional para explicar a importância dos custos de transação em intercâmbio politico e organização, e mostrar que os custos são maiores nos mercados políticos do que nos mercados econômicos. O artigo analisa as principais contribuições sobre transação política e de governança. A pesquisa inclui o catálogo mais detalhado que já foi publicado dos custos políticos de transação.

 The New Institutional Economics, led by four Nobel laureates (Ronald Coase, Douglass North, Oliver Williamson and Elinor Ostrom), has showed that institutions and organizations are a medium for reducing transaction costs and obtaining a higher efficiency in economic performance. This paper goes into the research program of the New Institutional Economics to explain the relevance of transaction costs in political exchange and organization and show that transactions costs are even higher in political markets than in economic markets. The paper reviews the main contributions on institutions, transaction costs and political governance, and provides some lessons on political transacting and governance. The survey includes the most detailed catalogue of political transaction costs that has ever been published.

   
Da fisiologia à economia política: o itinerário intelectual de Quesnay em direção ao Tableau Économique
Fernando Ribeiro e Nelson Mendes Cantarino

 As interfaces entre a formação da teoria econômica e outros ramos do conhecimento raramente são exploradas na história do pensamento econômico. O artigo busca trazer uma contribuição original na análise dos debates que ocorreram na medicina e filosofia natural no contexto em que o pensamento fisiológico e natural de Quesnay (1684-1774) foi desenvolvido. Argumenta-se que as abordagens fisiológicas de Quesnay podem estar relacionadas com o Tableau Economique (1758-1766) em um sentido muito diferente do que o oferecido por Foley (1973) e pela maioria dos livros de história do pensamento econômico pelo qual o Tableau deve ser vista como um analogia do sistema circulatório.

 The interfaces between the formation of economic theory and other branches of knowledge are rarely explored in the history of economic thought. The article seeks to bring an original contribution in analyzing the debates that took place in natural philosophy and medicine in the context in which the physiological and natural thought of Quesnay (1684-1774) was developed. It is argued that the physiological approaches of Quesnay may be related to the Tableau Economique (1758-1766) in a very different sense from that offered by Foley (1973) and by most textbooks History of Economic Thought whereby the Tableau should be seen as an analogy of the circulatory system.

   
A estrutura e o mercado: uma análise comparativa do Plano Trienal e do PAEG
Leandro Vizin Villarino

 Este artigo propõe uma análise dos textos Plano Trienal ePAEG, documentos de planeamento econômico brasileiro dos anos 1960, verificando, por um lado, os aspectos teóricos econceituais sobre o seu diagnóstico retrospectivo, e, por outro, as condições socio econômicas de cada projetode texto prospectivamente como condição para a obtenção dos efeitos pretendidos. Essa análise não pretende apenas verificar a adequação de cada projeto à realidade brasileira, mas entender como os problemas internos de cada texto e suas relações podem ser elucidativos não apenas para a História das Idéias.mas para uma ampla reflexão sobre a história social, econômica e das instituições do Brasil.

 The structure and the market. This paper proposes an analysis of the texts Plano Trienal and PAEG, documents of economic planning in 1960s Brazil. We aim to check, on one hand, theoretical and conceptual aspects regarding its retrospective diagnosis, and, on the other, socioeconomic conditions each text projects for the future as condition for de achievement of their intended objectives. With such an analysis we do not aim to verify if the plans are suitable to the Brazilian reality, but to understand how internal problems of texts and its relations may be elucidatory no only to the History of Ideas, but also for a broad consideration of Economic, Social and Institutional History in Brazil.

   
Testing the models of transition in practice: the case-studies of Estonia and Slovenia
Viljar Veebel e Andra Nam

 O presente estudo baseia-se na comparação dos verdadeiros processos de transição na Estonia e na Eslovenia, em 1991-2000, como objetivo de testar dois modelos conceituais (terapia de choque versus gradualismo) da teoria da transição na prática. Este artigo tem dois objetivos principais, estreitamente interligados. A primeira tarefa é analisar se os caminhos de reforma adotados pela Estoniae Eslovenia seguiram os conceitos teóricos da "terapia de choque" e "gradualismo", os modelos dos estados muitas vezes simbolizado sem debates teóricos. A segunda tarefa é a valiar a capacidade dos modelos teóricos para alocar corretamente os exemplos clássicos de países para modelos de terapia de choque e gradualistas. Esta pesquisa procura mostrar quais são as vantagens e desvantagens de uma abordagem polarizada para modelos de teoria de transição e como esses modelos podem ser melhorados.

 The following study is based on the comparison of the actual transition processesin Estonia and Slovenia in 1991-2000 with the aim of testing two conceptual models (shock therapy versus gradualism) of transition theory in practice. This article has two main goals, closely interlinked with each other. The first task is to analyse whether the reform paths undertaken by Estonia and Slovenia followed the theoretical concepts of ‘shock therapy’ and ‘gradualism’, the models the states are often symbolising in theoretical debates. The second task is to evaluate the ability of the theoretical models to correctly allocate the classical country examples to the shock therapy and gradualist models. This research study is also interested in what are the advantages and disadvantages of a polarised approach to transition theory models and how these models can be improved.

   
Systemically important financial institutions in Latin America - A Primer
Jacob Kleinow, Mario Garcia Molina e Andreas Horsch

 Instituições financeiras sistemicamente importantes na América Latina. As instituições financeiras mostram uma exposição de risco e vulnerabilidade característica, tornando-as propensos a instabilidade. Os sistemas financeiros da América Latina, no entanto, ficaram praticamente incólumes pela crise financeira mundial a partir de 2008. Esta pesquisa state-of-the-art fornece uma análise aprofundada sobre a identificação e regulamentação das instituições financeiras sistemicamente importantes (IFSI). Apesar da América Latina se beneficiar de sua rica experiência histórica na gestão de riscos sistêmicos, acreditamos que o problema das IFSIs é ainda subestimado. No entanto, existem primeiros esforços para lidar comas IFSIs na ciência, e particularmente os supervisores e reguladores latino americanos estão começando a levar a sério a ameaça representada pelas IFSIs.

 Financial institutions show a characteristic risk exposure and vulnerability, making them prone to instability. Financial systems in Latin America, however, were left largely unscathed by the global financial crisis starting in 2008. This state-of-the-art survey provides an in-depth analysis on the identification and regulation of systemically important financial institutions (SIFIs). While Latin America benefits from its rich historical experience in managing systemic risks, we find the problem of SIFIs to be still underestimated. However, there are first efforts to cope with SIFIs in science and particularly Latin American supervisors and regulators are starting to take the threat posed by SIFIs seriously.

   
A radical proposal for direct democracy in large societies
John Asimakopolos

 Proposta radical para democracias diretas em grandes sociedades. Argumenta-se que a democracia direta é atingível, mas apenas em formas que se conectam às experiências da vida diária. Ao modificar as instituições existentes de governança é pragmaticamente possível alcançar uma sociedade que se assemelhe a utopias distantes. Uma proposta baseia-se no argumento de que todos os sistemas eleitorais são inerentemente fraudulentos sob qualquer regime. Pelo contrário, a democracia direta só pode fornecer igualdade substantiva. Portanto sugere-se que os poderes legislativo e judicial devem ser preenchidos por sorteio, deixando as demos como o executivo através de votação pela Internet modelada no princípio de proposições do estado.

 It is argued direct democracy is attainable but only in ways that connect to the experiences of daily life. By modifying existing institutions of governance it is pragmatically possible to achieve a society resembling distant utopias. One proposal is based on the argument that all electoral systems are inherently fraudulent under any regime. Rather, direct democracy alone can provide substantive equality. Therefore it is suggested legislative and judicial branches be filled by lottery while leaving the demos as the executive through internet voting modeled on the principle of state propositions.

 
         
 
     
     
 
The Brazilian Journal of Political Economy counts with the support of the following corporations:
 
   
   
Copyright © 2016
Revista de Economia Política - ISSN 1809-4538
Rua Araripina, 106 - 05603-030 - São Paulo - Brazil